14 pessoas são presas por venda de drogas com serviço de delivery

14 pessoas são presas por venda de drogas com serviço de delivery


A Polícia Civil cumpriu, na manhã desta terça-feira (01), 15 mandados de prisão e de busca e apreensão, contra um grupo que atuava com a comercialização de entorpecentes, incluindo serviço de entrega, na região do Cariri. Até as 8h30, 14 pessoas foram presas e levadas para a Delegacia Regional de Juazeiro do Norte.

De acordo com o delegado regional de Juazeiro do Norte, Juliano Marcula, os suspeitos faziam a entrega da droga para os usuários. "Eles usavam veículos para fazer a entrega, não vendiam diretamente no local onde eles estavam com a droga armazenada. Faziam a entrega da droga via algum veículo", disse.

A operação, que recebeu o nome de "Delivery", teve início ainda nas primeiras horas da manhã de hoje e, até o momento, dinheiro, drogas, uma faca, computador, impressora e aparelhos de informática já foram apreendidos.

Na cidade de Juazeiro do Norte, as prisões ocorreram nos bairros Pedrinhas, Tiradentes, Juvêncio Santana e Limoeiro. Os alvos da polícia são 10 homens e cinco mulheres envolvidas com o tráfico de entorpecentes. Quatro alvos da operação já estavam presos.

Conforme o delegado Juliano, as investigações sobre o grupo duraram cerca de seis meses. "A investigação durou em torno de seis meses, para fazer todo o levantamento desses pontos de venda de drogas aqui na região e conseguimos identificar os suspeitos, que estavam fazendo a comercialização de entorpecentes. Foi feita a representação contra esses traficantes para o Ministério Público, o juiz autorizou e hoje demos cumprimento a esses mandados, fazendo a execução da operação", afirma.

A Operação Delivery foi coordenada pelo Núcleo do Combate do Tráfico de Drogas de Juazeiro do Norte. Este ano, o Núcleo já realizou cerca de 80 prisões.

Diário do Nordeste