A corrida por mesários no interior do Ceará; Justiça Eleitoral está preocupada

A corrida por mesários no interior do Ceará; Justiça Eleitoral está preocupada


O Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE) está preocupado com a necessidade de reposição de mesários na eleição de novembro deste ano. Há várias semanas a Corte promove campanhas para estimular cidadãos a se colocarem à disposição para servir à Justiça Eleitoral nos dias da disputa municipal.

Com o cenário da pandemia da Covid-19, o TRE-CE quer criar um grupo de mesários substitutos para não correr riscos nos dias dos pleitos, em caso de adoecimento de quem já foi nomeado pelos juízes eleitorais. E a maior preocupação é no interior do Estado.

A situação de Fortaleza é considerada confortável do ponto de vista da quantidade dos voluntários, mas nos pequenos municípios a mobilização ainda precisa ser intensificada nos próximos dias para que a falta de mesários não prejudique o voto do eleitor. Os novos voluntários podem ser nomeados até o próximo dia 16.

Diário do Nordeste