Após mais de três meses internada em Sobral, recém-nascida prematura recebe alta

Após mais de três meses internada em Sobral, recém-nascida prematura recebe alta


A pequena Maria Lis, que estave internada por mais de três meses na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Neonatal, recebeu alta médica na semana passada. A emoção tomou dos familiares e da junta médica da Santa Casa de Misericórdia de Sobral, na região Norte. A recém-nascida veio ao mundo em 2 de junho, com apenas 25 semanas de gestação - seis meses -, e 640 gramas.

Durante o processo, a pequena contou com todos os cuidados dos profissionais da Santa Casa e da mãe Tainá Fernandes, natural do município de Crateús.

Tainá teve complicações na cesariana por conta da hipertensão materna, situação que oferece riscos à vida da mãe e da criança. Assim que nasceu, a recém-nascida precisou ficar entubada, na UTI. A médica residente de Neonatologia do hospital, Dra. Ana Luísa, acompanhou todo o tratamento da pequena e conta que a mãe sempre fez questão de estar ao lado da filha.

"Ela veio ao mundo bem prematurinha. Foram três meses muito intensos, de muitas batalhas vencidas. Tratamento para amadurecer pulmão, para várias infecções, até a fase de recuperação nutricional para ganhar bastante peso". relatou a médica.

Diário do Nordeste