Balanço do Feriado: Praias superlotadas e desrespeito às medidas de combate à Covid-19

Balanço do Feriado: Praias superlotadas e desrespeito às medidas de combate à Covid-19


As praias foram o principal destino de quem resolveu se aventurar e sair de casa nesse fim de semana, e o resultado não poderia ser outro, tumulto e aglomerações em diversos pontos. No feriado de independência, na última segunda-feira (7), o cenário de superlotação nas faixas de areia e no mar se repetiu, com banhistas descumprimento o distanciamento físico e o uso de máscaras de proteção.

Em diversos pontos do estado, o que se via eram pessoas em "vida normal", como se não estivéssemos vivendo uma pandemia. As barracas em toda a extensão da orla estavam lotadas, entre a manhã e a tarde desta segunda-feira, com distanciamento menor do que dois metros entre as mesas – desrespeito à medida básica decretada pelas autoridades.

A superlotação, e o não-uso de máscaras, em uma das principais praias da capital foi definida como “assustadora” pelo estudante Igor de Souza.

“Chegamos e a praia tava lotada, nas barracas ninguém usava máscara. Vim com a minha família, mas a gente tá de máscara e com álcool em gel, buscando se prevenir, numa pandemia que já fez um estrago tão grande. O governo liberou as praias, mas é importante se cuidar. Uma segunda onda pode ser muito mais fatal”, avalia.

G1 Ceará