Campanha nas redes sociais pede Damares no STF e causa preocupação na Corte

Campanha nas redes sociais pede Damares no STF e causa preocupação na Corte


O nome da ministra Damares Alves (Família) tem aparecido como uma das possíveis indicadas pelos presidente Jair Bolsonaro para uma vaga no Supremo Tribunal Federal (STF), na vaga de Celso de Mello, que se aposenta em novembro.

A candidatura chegou a ser assunto nos corredores e gabinetes da Corte, segundo a jornalista Mônica Bergamo. O presidente estaria mais inclinado a outros nomes. No entanto, uma campanha nas redes sociais estariam impulsionando a ideia, que causou supresa até em pessoas próximas da ministra.

“Quero ver a senhora no STF, ministra Damares” e “Damares no STF!”, são algumas das mensagens que se destacam nas redes. Bolsonaristas organizaram uma enquete no Twitter com o nome dela entre os candidatos. “Já pensaram que Bolsonaro pode meter o loco e indicar a Damares?”, escreveu um deles.

Atualmente, o mais cotado é Jorge Oliveira, hoje na Secretaria-Geral da Presidência. A indicação do presidente, porém, considera outros fatores, como a indicação para vaga no TCU (Tribunal de Contas da União). O atual ministro da Justiça, André Mendonça, aparece como escolha provável.