Em evento no Ceará, Pazuello diz que pandemia terá quatro ondas de repercussão no Brasil

Em evento no Ceará, Pazuello diz que pandemia terá quatro ondas de repercussão no Brasil


Nesta sexta-feira, 11, durante evento em Fortaleza, o ministro interino da Saúde, Eduardo Pazuello, comentou sobre a onda da pandemia do novo coronavírus no Brasil. De acordo com o general, o Brasil passará por "quatro ondas" diante o novo coronavírus. A declaração foi dada durante o lançamento da série de Ações de Educação em Saúde e Defesa da Vida.

Para Pazuello, a contaminação faz parte da primeira fase - consistindo nos números de óbitos "apesar de tudo o que foi feito", citou. De acordo com última atualização do Ministério da Saúde, o Brasil tem mais de 4 milhões de casos confirmados da doença e cerca de 129 mil óbitos.

Já a segunda fase, para Pazuello, é proveniente da economia e da crise que vem sequenciada a doença. "Teremos dificuldades de repor o tratamento das doenças que não foram tratadas por razões óbvias", citou.

As outras duas fases consistem, segundo o ministro, à violência doméstica e os problemas de saúde mental, como depressão e suicídio. Pazuello destacou que estes pontos terão atenção especial com a nova série de ações anunciada hoje.

O POVO Online