Funcionária é demitida por justa causa após comer pão de queijo sem pagar

Funcionária é demitida por justa causa após comer pão de queijo sem pagar


Uma mulher, de 33 anos, ex-funcionária do supermercado, Super Nosso, no bairro Santo Antônio, na Região Centro-Sul de Belo Horizonte, foi demitida por justa causa após ser pega comendo, sem pagar, pães de queijo que estavam à venda. A dispensa, em janeiro, aconteceu depois que uma colega viu a mulher comendo o petisco e relatou à gerente.

A testemunha contou no processo que a mulher "foi dispensada em razão de ter degustado uns 2 pães de queijo, 'daquele menorzinho'", e que ela já tinha sido advertida verbalmente "seis ou sete vezes em razão da degustação de produtos".

Em sua defesa, a mulher disse que não cometeu nenhuma falta grave e, por isso, pediu a reversão da justa causa na Justiça do Trabalho. Já o supermercado justificou, no processo, que a ex-funcionária "quebrou a confiança existente entre as partes".

A Justiça do Trabalho concordou com os argumentos da ex-funcionária e determinou a reversão da justa causa.

G1