Justiça Eleitoral determina retirada de conteúdo falso contra candidata e investigação de perfis fakes em Catunda

Justiça Eleitoral determina retirada de conteúdo falso contra candidata e investigação de perfis fakes em Catunda


O juiz eleitoral da 54ª Zona de Santa Quitéria, Francisco Gilmário Barros Lima, acatou uma representação feita pelo PDT (Partido Democrático Trabalhista) de Catunda e determinou a retirada de comentários em páginas do Facebook em desfavor da candidata à reeleição Ravenna Lima, bem como solicitou informações à rede social para identificar quem estaria por trás de dois perfis falsos naquele município.

O partido alegou nos autos, o qual A Voz de Santa Quitéria teve acesso, que os perfis "Rodrigo Soares" e "Antonio Filho Marques" apresentavam falsas imputações de corrupção eleitoral contra Ravenna, a fim de macular sua imagem e desequilibrar o pleito eleitoral, em favor de outro candidato a prefeito.

Os comentários feitos pelos usuários da rede social, de acordo com o juiz, extrapolaram a liberdade de expressão, ao imputar possíveis crimes à candidata e assim, podendo provocarem influência negativa no curso da campanha.

Diante disso, o magistrado ordenou que o Facebook procedesse a remoção de conteúdo em seis links e que no prazo de 10 dias, informasse IP, relatório de atividade, dados cadastrais e mensagens trocadas de cada conta, para verificar quem realmente são as pessoas responsáveis por tais atos. A Polícia Federal foi informada do caso.