Mais da metade dos MEIs não receberam auxílio emergencial

Mais da metade dos MEIs não receberam auxílio emergencial


Cerca de 5,2 milhões microempreendedores individuais (MEIs), de um total de 10,7 milhões registrados no país, tiveram acesso ao benefício do auxílio emergencial concedido pelo governo federal em meio à pandemia da Covid-19.

Os dados, divulgados nesta quinta-feira (10/9) pelo Sebrae, apontam que pouco mais da metade (5,5 milhões) dos MEIs com cadastro no Simples Nacional conseguiu o auxílio financeiro.

O número de beneficiários é maior do que o esperado. Em abril, o Sebrae estimou que 3,6 milhões microempreendedores individuais deveriam se enquadrar nos critérios legais para receber os R$ 600. 

Ainda de acordo com o Sebrae, os dados mostram também que mais de 1,3 milhão de empreendedores dessa categoria de pequenos negócios pediu a ajuda financeira, mas sem sucesso. Esse grupo recebeu a negativa após consulta feita pela Dataprev, que analisa outros critérios, como se o MEI possui renda familiar maior do que três salários mínimos, o equivalente a R$ 3.135.

Metrópoles