Parque Nacional de Ubajara é atingido por incêndio que pode ter sido causado por caçadores

Parque Nacional de Ubajara é atingido por incêndio que pode ter sido causado por caçadores


Um incêndio iniciado na madrugada de ontem (1º) atingiu o Parque Nacional de Ubajara, na Serra da Ibiapaba. A própria brigada da Unidade de Conservação (UC), composta por 16 homens, debelou as chamas, por volta das 21h. Na manhã de hoje (2), 12 brigadistas voltaram ao local para averiguação da situação e, até o momento, nenhum novo foco foi identificado.

Segundo Gilson Mota, chefe do Parna, o incidente pode ter sido ocasionado por ação humana, “possivelmente de caçadores”, ressalta. “Aconteceu por volta das 4h da manhã, segundo moradores, próximo a água. A gente acha que pode ter sido caçador”, explica, ressaltando que, neste período, o clima mais seco e ventos fortes contribuem para a ocorrência de incêndios.

Por volta das 8h30 a Brigada iniciou o combate com seis homens. Por conta do difícil acesso e a rápida propagação das chamas, recebeu o reforço de mais 10 brigadistas. Os profissionais voltaram à região por volta das 5h de hoje. A área do incêndio fica próxima à cachoeira do Pinga, já no município de Tianguá.

O incêndio aconteceu a cerca de 20 Km da área de visitação do Parna, segundo Gilson Mota, sem risco aos visitantes. “Agora, está sob controle. Temos uma Brigada de combate para ver, na área mais baixa, se ainda tem algum foco. A gente sabe que nesse horário começam a surgir”, explica. “Hoje, vamos conseguir medir a área atingida, com GPS, já que foi na descida da serra”.

Diário do Nordeste