Sarampo: Ceará não registra novos casos da doença há seis meses, diz Sesa

Sarampo: Ceará não registra novos casos da doença há seis meses, diz Sesa


No Ceará, o último caso confirmado de sarampo é de março de 2020, de acordo com a Secretaria de Saúde Estadual (Sesa). Entre janeiro e o começo de setembro deste ano, conforme dados cedidos pela Pasta ao Sistema Verdes Mares, foram contabilizados sete ocorrências da doença, todas "importadas de outros estados". A nova soma diverge do último boletim epidemiológico sobre a doença, publicado em junho deste ano. O documento apontava três casos da infecção no Estado, acontecidos no primeiro trimestre. 

Com a atualização enviada pela Secretaria, o casos cearenses em 2020 aconteceram em fevereiro (1) e em março (6). Os registros são dos municípios de Cariré e Farias Brito, no interior do Estado. Segundo Carmem Osterno, coordenadora de imunização da Sesa, é possível traçar os casos à infecções fora do Ceará. 

Sobre a discordância entre os dados atualizados e o boletim epidemiológico de junho, Carmen aponta o retorno mais aprofundado sobre algumas ocorrências. “Os últimos resultados foram confirmados recentemente depois de avaliação da Fiocruz. Como o sarampo é muito parecido com outras doenças, só consideramos positivo quando eles isolam o vírus”, ressalta Carmen. Vinculada ao Ministério da Saúde (MS), a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) é uma instituição de pesquisa brasileira.

Diário do Nordeste