Secretaria alerta para nível crítico de escassez em metade das bacias hidrográficas do Estado

Secretaria alerta para nível crítico de escassez em metade das bacias hidrográficas do Estado


De acordo com a Secretaria de Recursos Hídricos do Ceará (SRH), apesar do bom volume de chuvas registrado nos primeiros meses do ano, ao menos seis das 12 bacias hidrográficas do Estado estão em situação crítica para abastecimento de água.

As bacias em criticidade são:

Banabuiú (13,9%);
Médio Jaguaribe (14%);
Curu (28,4%);
Alto Jaguaribe (31,7%);
Sertões de Crateús (38,9%);
Salgado (39,1%).

O secretário executivo da SRH, Aderilo Alcântara, explica que este cenário pode ser explicado pela irregularidade nas precipitações. “Uma das características do semiárido é a irregularidade das chuvas e há regiões que choveu bem, mas outras não houve recarga satisfatória nos reservatórios”, observou .

De acordo com estimativas da secretaria, até o fim do ano é esperado que cerca de 80% dos reservatórios do Ceará alcancem o nível verificado em outubro de 2015, com volume médio de 15%. Atualmente, os 155 açudes monitorados pela Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh) acumulam 34,2%.

Hoje o Ceará tem 26 açudes com volume acima de 90% e 52 inferiores a 30%. Dois reservatórios estão secos (Jatobá em Ipueiras; e Madeiro em Pereiro) e outros 12 em volume morto.

Diário do Nordeste