Secretária-executiva de Educação do Ceará morre após infarto

Secretária-executiva de Educação do Ceará morre após infarto


A secretária-executiva de Planejamento e Gestão Interna da Secretaria da Educação do Ceará (Seduc), Rita de Cássia Tavares Colares, veio a óbito, nesta quarta-feira (9), em Fortaleza, após sofrer um infarto de madrugada, aos 51 anos. O velório iniciou às 9h de hoje e o enterro será realizado no cemitério Parque da Paz, às 16h30.

Nas redes sociais, o governador Camilo Santana lamentou a morte: 

“Recebi com muita tristeza a notícia do falecimento da querida Rita Colares, secretária Executiva da Seduc. Rita era uma entusiasta e grande lutadora pela educação do nosso Ceará. Uma enorme perda. Minha solidariedade aos familiares e amigos”.

A vice-governadora do Estado, Izolda Cela, por sua vez, agradeceu pelo trabalho realizado e desejou paz para Rita e familiares. 

“Nosso time sofre uma perda irreparável! Querida Rita Colares partiu sem aviso prévio. Anos de competente trabalho, dedicação à causa, lealdade às pessoas, seriedade no trato da administração pública, amizade”, declara.

Em nota, a Seduc também lamentou a perda de Rita Colares, reconhecida pelo profissionalismo, responsabilidade e competência. Na secretaria executiva, atuou na captação de recursos para a realização de projetos e programas na área educacional, sendo responsável pelo orçamento e setor financeiro do órgão.

Vida Profissional
A secretaria-executiva tinha uma trajetória consolidada no serviço público, com foco na prestação de serviços à Educação, tendo participado da implantação das Escolas Estaduais de Educação Profissional e de projetos como Luz no Campo. Atuava no setor público desde 2001 e, na Secretaria da Educação, desde 2007, junto à Assessoria Executiva da pasta.

Na secretaria executiva contribuiu na captação de recursos para a realização de projetos e programas na área educacional, sendo responsável pelo orçamento e setor financeiro da Seduc, conforme o órgão.

Com informações de CN7 e G1-CE