Testes de funcionários da rede de educação serão agendados a partir do dia 25

Testes de funcionários da rede de educação serão agendados a partir do dia 25


A ampliação das etapas de ensino autorizadas a retomarem atividades presenciais na Região de Saúde de Fortaleza traz consigo a necessidade de manter padrões sanitários e conter a disseminação do novo coronavírus. Para isso, será aberto na sexta-feira (25) o agendamento para testagem de professores e colaboradores de escolas estaduais da rede pública, e de escolas privadas.

Os testes para identificar a Covid-19 serão do tipo molecular, ou RT-PCR, como são conhecidos, e devem acontecer em pontos especiais de coleta, conforme explica a secretária Executiva de Vigilância e Regulação da Secretaria da Saúde do Estado (Sesa), Magda Almeida. Segundo ela, os pontos de testagem das escolas particulares devem ser os mesmos já instituídos quando foram liberadas as aulas presenciais para o Ensino Infantil.

"Provavelmente serão os centros universitários de saúde. Mas é o Sindicato de Escolas Particulares que se organiza com essa coleta para as escolas privadas", pontua a secretária executiva. Já no caso das escolas municipais da rede pública, em Fortaleza, a própria gestão municipal deverá organizar a coleta de material para os testes com agendamento prévio.

Para as escolas estaduais, a Sesa disponibilizará um sistema de agendamento e pontos de coleta. "Além da Central de Testagem da Praça do Ferreira, a gente vai disponibilizar um horário estendido do drive-thru do RioMar Kennedy à noite, e dois outros pontos que vão ser abertos nos Vapt-Vupt, em Antônio Bezerra e Messejana, e a gente vai ter duas unidades móveis para alguma outra necessidade que venha a acontecer", esclarece Magda Almeida.

Ela acrescenta que a Secretaria conta com um banco onde estão listados os professores e colaboradores das instituições estaduais de ensino, que, portanto, já estão cadastrados no sistema. Assim, os funcionários poderão escolher o ponto de testes que lhes for mais conveniente. "Eles vão simplesmente abrir e fazer o agendamento naquela unidade que for mais perto da casa deles", afirma.

Diário do Nordeste