Candidatos a prefeito de Santa Quitéria se ausentam e não darão entrevista ao A Voz de Santa Quitéria

Candidatos a prefeito de Santa Quitéria se ausentam e não darão entrevista ao A Voz de Santa Quitéria


O portal A Voz de Santa Quitéria não promoverá neste ano, entrevistas com os candidatos a prefeito do município de Santa Quitéria. Braguinha (PSB) e Tomás Figueiredo (MDB) não retornaram aos ofícios encaminhados há uma semana e que tiveram como prazo limite segunda-feira (05).

Como seria o formato
As entrevistas teriam duração de 40 minutos cada e seriam mediadas por um jornalista convidado, que intercalaria perguntas relacionadas ao plano de governo, ao próprio candidato e questões sociais da cidade. O site entendeu, desde o início da campanha, como uma oportunidade para que os eleitores quiterienses pudessem conhecer as propostas de cada um, ao usufruírem do largo alcance e também mediante o cenário pandêmico enfrentado pela sociedade.

Os convites
Na quarta-feira passada (30), durante reunião da Justiça Eleitoral na EEEP Monsenhor Luís Ximenes, os representantes das coligações "Renovando o compromisso com Santa Quitéria" e "Um novo tempo. Uma nova Santa Quitéria" receberam oficialmente os ofícios e assinaram com o compromisso de responder dentro do prazo estipulado.

O representante da coligação do MDB, Breno Lopes Paiva, assinou o recebimento, conforme abaixo. Contatos telefônicos e por mensagens foram feitos com a coordenação da campanha e a assessoria de comunicação, mas não retornou com qualquer justificativa até às 19h.


Da coligação do PSB, quem assinou foi o delegado da chapa Micael Oliveira, conforme abaixo. Também foram feitos contatos em chamadas e mensagens com a coordenação, entretanto, findou-se o prazo e também não manifestaram interesse ou justificativa em participar ou não.


A Voz de Santa Quitéria lamenta a decisão dos candidatos em não manifestarem interesse. Assim, mostrando o seu compromisso com Santa Quitéria. Nas ausências e desinteresses de Tomás e Braguinha, o portal destrinchará nos próximos dias, reportagens analíticas sobre os planos de governo e os problemas que afligem a comunidade.