Clientes alegam dificuldades para receber encomendas via Correios, que faz mutirão

Clientes alegam dificuldades para receber encomendas via Correios, que faz mutirão


Clientes reclamam de atraso para o recebimento de encomendas via Correios. O problema já dura pelo menos dois meses, período que compreende a paralisação parcial de 35 dias e o retorno da greve há cerca de um mês. Conforme a empresa, a situação ainda pode ser agravada pela redução da força de trabalho devido à pandemia do novo coronavírus, que motivou redirecionamento de funcionários classificados como grupo de risco para o trabalho remoto.

“Os Correios lamentam eventuais transtornos e ressaltam que o serviço de entrega está sendo realizado integralmente, assim como as demais atividades da empresa. (..) Em razão do acúmulo de objetos, a estatal tem adotado medidas visando à normalização de suas operações – o mais breve possível -, o que inclui contratação de mão de obra temporária e a realização de mutirões aos fins de semana”, diz nota enviada pela instituição. Conforme afirma, situações específicas, quando reportadas à empresa por meio dos canais oficiais de relacionamento, são prontamente averiguadas e solucionadas.

O POVO Online