Dez cidades do Ceará terão reforços na segurança durante as eleições

Dez cidades do Ceará terão reforços na segurança durante as eleições


O Governo Federal autorizou a atuação das Forças Armadas nas Eleições Municipais 2020. A medida dará mais tranquilidade aos candidatos, aos servidores da justiça e aos eleitores. 

O Tribunal Superior Eleitoral começa a receber pedidos dos TREs para designação de reforço na segurança do primeiro turno, que acontece no próximo dia 15 de novembro. Uma das solicitações é do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) que, no último dia 8 de outubro, aprovou o pedido para as forças de segurança estarem presentes nas cidades de Fortaleza, Caucaia, Maracanaú, Sobral, Juazeiro do Norte, Crato, Barbalha, Pacajus, Horizonte e Itaitinga.

                                                                                                      CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

O governador Camilo Santana (PT) manifestou, na última segunda-feira (19), por meio de um ofício, apoio ao pedido da Justiça Eleitoral. O aval de Camilo era necessário para o pedido ser formalizado junto ao Tribunal Superior Eleitoral. Camilo disse, no ofício enviado ao Tribunal Regional Eleitoral, que, na condição de governador, ‘’manifesto-me favorável às medidas encaminhadas por este Tribunal”.

Decreto
O decreto assinado pelo presidente Jair Bolsonaro dá sequência a medida semelhante que vem sendo adotada desde 1994. A Justiça Eleitoral conta com o apoio das Forças Armadas um ou dois dias antes da eleição e, principalmente, no dia da votação. A logística e o planejamento para o deslocamento dos militares das Forças Armadas estão sob a responsabilidade do Ministério da Defesa e do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência.
Ceará Agora