Doença em participante faz Johnson paralisar estudo da vacina contra a Covid-19

Doença em participante faz Johnson paralisar estudo da vacina contra a Covid-19


A Johnson & Johnson anunciou a interrupção temporária da sua vacina por causa de uma doença inexplicável em um participante do estudo. Segundo a empresa, todas as doses foram suspensas até o fim das análises e investigações do conselho de monitoramento independente, assim como dos seus médicos.

"Eventos adversos, mesmo aqueles graves, são parte esperada de qualquer estudo clínico. Temos o compromisso de fornecer atualizações transparentes em todo o processo de desenvolvimento clínico de nossa vacina”, afirmou a empresa em nota.

De acordo com a empresa, essa pausa é vista como padrão e ela não divulgará mais dados a respeito do participante em respeito à sua privacidade.

“Também estamos aprendendo mais sobre a doença desse participante e isso é muito importante para ter todos os fatos antes de dividirmos mais informações.”

Em nota, a Anvisa informou que foi comunicada da paralisação pela Johnson & Johnson e interrompeu a inclusão de novos voluntários na fase 3 do estudo no país. 

"No Brasil, a inclusão do primeiro voluntário no estudo ocorreu em 09 de outubro e novas inclusões só poderão ocorrer quando houver autorização da Anvisa, que procederá com a análise dos dados da investigação e decidirá pela continuidade ou interrupção permanente, baseada nos de segurança e avaliação risco/benefício", diz a Anvisa em nota. 

CNN