Homem é encontrado carbonizado logo após furtar perfume no Ceará

Homem é encontrado carbonizado logo após furtar perfume no Ceará


A Polícia Civil prendeu um casal suspeito de incendiar uma residência com um homem dentro na zona rural de Acopiara, no interior do Ceará. O caso foi relatado na última quarta-feira (07) e de acordo com testemunhas, o motivo foi o furto de um perfume que a vítima tirou de um dos suspeitos. O morador da casa foi encontrado carbonizado em um dos cômodos do imóvel.

De acordo com a Polícia Militar, os policiais foram acionados por volta das 12h40, para um incêndio em uma residência no distrito de Trussu, a 40 quilômetros de distância da sede do município. 

Quando os agentes chegaram ao local, as chamas já haviam sido apagadas por populares, que localizaram o corpo do proprietário da casa dentro do banheiro. O homem, que foi carbonizado, estava vestido e sentado em um aparelho sanitário. A Perícia Forense foi acionada e recolheu a vítima para a cidade de Iguatu.

Após investigações, a polícia concluiu que o incêndio foi criminoso e os agentes conseguiram identificar Rita de Cássia de Souza Maceno, de 44 anos, e José Itaécio Moreira de Oliveira, de 48 anos. O casal esteve com a vítima horas antes do imóvel pegar fogo.

Os suspeitos foram levados para a delegacia e, após serem ouvidos, confessaram o crime. O casal informou para a polícia que planejaram a morte do homem para vingar o furto de um perfume que a vítima pegou de um dos suspeitos. O casal foi autuado pelo crime.
Diário do Nordeste