O que pensam Braguinha e Tomás Figueiredo para a assistência social de Santa Quitéria; confira as propostas

O que pensam Braguinha e Tomás Figueiredo para a assistência social de Santa Quitéria; confira as propostas


O portal A Voz de Santa Quitéria está disponibilizando uma série de reportagens sobre as propostas dos candidatos à prefeitura de Santa Quitéria nas Eleições 2020. Dentre os planos de governo, a assistência social é um dos assuntos que mais precisa ser debatido em um período pós-pandêmico. 

As propostas apresentadas abaixo foram majoritariamente retiradas dos documentos de diretrizes de governo disponibilizados pelas próprias coligações. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Braguinha (PSB)

Dentro do seu plano de governo, o candidato da coligação “Um Novo Tempo, Uma Nova Santa Quitéria”, Braguinha reforça que cuidar da população quiteriense e contribuir para o desenvolvimento social do cidadão é fundamental. Portanto, a página 13 do plano de governo do candidato, apresenta: 

  • Estender os serviços do CRAS e para os distritos de Saco do Belém, Raimundo Martins e Riacho das Pedras. 
  • Criação de Núcleos de Apoio Comunitário, nos prédios das escolas fechadas nas localidades, cujas escolas foram nucleadas. 
  • Implantar uma Unidade para tratamento de dependentes químicos e apoiar as iniciativas existentes. 
  • Criar o Centro de Atividades e Lazer da pessoa idosa. 
  • Centro de Referência da Mulher. 
  • Criação do Programa Municipal de Segurança Alimentar. 
  • Implantação de um Restaurante Popular. 
  • Facilitar a oferta de assistência jurídica para aqueles que não tem acesso.
  • Assegurar o cumprimento da legislação e a realização das políticas públicas para a população LGBTQI+.
  • Implantação de creches para a mãe trabalhadora, em convênio com as empresas e os setores produtivos. 
  • Criação do bolsa de qualificação profissional para mutirão habitacional. 
  • Criar o programa municipal para pessoa com deficiência. 


Tomás Figueiredo (MDB)

O candidato pelo MDB, Tomás Figueiredo ressalta em seu plano de governo a consolidação das políticas públicas para a assistência social. As propostas para com a Assistência Social, encontram-se especificamente na página 09. Com a coligação “Renovando o compromisso com Santa Quitéria”, o candidato enumera as seguintes propostas: 

  • Consolidar a política de educação permanente aos trabalhadores do SUAS como estratégia de qualificação na oferta dos serviços socioassistenciais; 
  • Descentralizar o atendimento do Cadastro Único para Programas Sociais (Bolsa Família e outros programas) com vista a requalificação no atendimento com abrangência territorializada;
  • Fortalecer o Sistema Garantia de Direitos – SGD para mulheres vítima de violência bem como outros segmentos sociais vulneráveis a exemplo das crianças e adolescentes, das pessoas com deficiência, grupos étnicos. De diversidade sexual, diversidade de crença, religião dentre outros; 
  • Promover efetivamente a inclusão social da população em situação de risco, vulnerabilidade e pobreza articulando as competências municipais, estaduais e federais. 
  • Aprimorar as formas de trabalho das equipes de referência para o atendimento às famílias afetadas pela Pandemia com vista a edução das múltiplas vulnerabilidades aprofundadas pela COVID-19; 
  • Instituir a intersetorialidade como diretriz de trabalho entre as políticas sociais, em especial com a saúde, educação, trabalho e segurança pública a fim de responder com efetividade as necessidades locais;
  • Implantar Núcleos de Assistência Social – NAS como forma de ampliar o atendimento socioassistencial em comunidades rurais mais distantes a sede urbana;
  • Apoiar as organizações da juventude já existente, bem como a criações de novos espaços de poder e decisão sobre questões.


O portal A Voz de Santa Quitéria disponibilizou, desde o início da campanha, matérias para que os eleitores quiterienses pudessem conhecer as propostas de cada um, ao usufruírem do largo alcance e também mediante o cenário pandêmico enfrentado pela sociedade.

A intenção das reportagens é fornecer conhecimento para que o eleitor vote com consciência, sabendo como cada candidato se posiciona em temas fundamentais para o avanço e crescimento de Santa Quitéria e para que estas promessas feitas hoje sejam cobradas e fiscalizadas pela população ao longo do mandato.