Outubro começa com temperaturas mais elevadas, principalmente no Interior do Ceará

Outubro começa com temperaturas mais elevadas, principalmente no Interior do Ceará


Ceará tem aumento na temperatura máxima em outubro, mês que integra o período mais quente do ano no Estado: o B-R-O Bró, iniciado em setembro. O Município de Redenção chegou a registrar 38,7°C na última quinta-feira, 1º. De acordo com a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), a normal climatológica para chuvas em outubro é de apenas 3,9 mm, sendo um mês tipicamente seco. Nessa época, as regiões do interior do Ceará são as que mais apresentam temperatura máxima elevada.

Entre os municípios monitorados pela Funceme e pelo Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a cidade de Sobral, na macrorregião do Litoral Norte, é a que apresenta maior temperatura máxima média, com 36,6°C. Em seguida está Crateús (36,0°C) e Morada Nova (35,9°C). Segundo a Fundação, os dados representam um leve aumento, em comparação com o último mês. Em Fortaleza, a média passa de 31°C para 31,2°C.

O aumento das temperaturas contribui para a redução da umidade relativa do ar no território cearense. A gerente de meteorologia da Funceme, Meiry Sakamoto, acrescenta que os dias com céu claro também se tornam mais presentes, com poucas nuvens.

“Assim, a temperatura máxima, que é aquela registrada por volta das 14 horas, tende a ser ligeiramente mais alta. E nesses períodos de alta temperatura, a umidade relativa do ar, ao contrário, pode cair a níveis preocupantes do ponto de vista de saúde”, explica Meiry Sakamoto, em nota.

O POVO Online