Traficante do PCC, André do Rap vai ser incluído na lista da Interpol

Traficante do PCC, André do Rap vai ser incluído na lista da Interpol


A operação de captura do traficante André Macedo Oliveira, o André do Rap, mobilizou a área de inteligência da Polícia Federal e nas próximas horas será emitido o alerta de difusão vermelha da Interpol, que reúne procurados internacionais com ordem de captura.

A área de inteligência da PF conta com agentes de dentro e fora do Brasil, além da colaboração internacional com polícias de outros países.

De acordo com agentes da PF, os trabalhos da inteligência incluem visita aos últimos endereços pelos quais André passou antes de ser preso e também o contato com membros da família. Integrantes da investigação na Polícia Civil de São Paulo afirmam que dificilmente André tenha conseguido se esconder depois de ter deixado a cadeia, no sábado, sem fazer contato com algum familiar.

"Mais cedo ou mais tarde, ele cai. Hoje o mundo é pequeno", afirmou um agente da PF com experiência em operações do tipo. Essa tem sido a tônica de vários agentes e delegados com quem a coluna conversou nesta segunda-feira: a de que o traficante será capturado.