Balanço eleições 2020: Ceará registrou 83 crimes eleitorais durante dia de votação

Balanço eleições 2020: Ceará registrou 83 crimes eleitorais durante dia de votação


O domingo das Eleições 2020 (15) foi finalizado com 83 registros de ocorrências por crimes eleitorais no Ceará, de acordo com o balanço da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS). Ao fim do dia, cerca de 54 pessoas foram conduzidas a delegacias da Polícia Civil (PCCE) e da Polícia Federal (PF). Só a Polícia Militar conduziu 48 suspeitos, dos quais 14 permaneceram presos. Os suspeitos foram presos por diversos crimes eleitorais, como compra de votos e transporte irregular de eleitor. Entretanto, a operação foi considerada "dentro da normalidade".

As informações foram repassadas na manhã desta segunda-feira (16), em coletiva que contou com a presença do secretário de segurança, Sandro Caron. A região Norte do Ceará - com 14 casos - foi a área que mais registrou ocorrências, seguida pela Região Metropolitana de Fortaleza (RMF) e pela Capital.

Durante os pleitos, houve o reforço no efetivo e 9 mil agentes da Polícia Militar e 759 da Civil estiveram espalhados por todas os municípios do Estado. Ao todo, foram mais de 10 mil profissionais das Polícias Civil, Militar, além do Corpo de Bombeiros e da Perícia Forense.

Segundo o delegado geral da Polícia Civil, Marcus Rattacaso, as inteligências das Polícias trabalharam de forma proativa para prevenir, obstruir, reprimir e neutralizar toda e qualquer ação que pudesse interferir no dia da eleição. 
O Povo