Camilo começa a participar da campanha de aliados. Fortaleza e Caucaia ficam de fora

Camilo começa a participar da campanha de aliados. Fortaleza e Caucaia ficam de fora


Muitos candidatos a prefeito nos últimos dias começaram a divulgar vídeos em que o governador Camilo Santana aparece apoiando e pedindo votos para eles. Devido sua alta popularidade desde as eleições de 2018, o chefe do Poder Executivo estadual tem sido o principal eleitor de candidatos da base governista.

No entanto, o petista tem evitado se envolver naqueles municípios em que seus aliados estão em lados opostos na disputa pela administração municipal, o que vem a ser a maioria dos casos. Nas duas maiores cidades do Estado, Fortaleza e Caucaia, onde, inclusive, são os únicos locais onde pode haver segundo turno, Camilo evita qualquer posicionamento mais direto.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Se bem que em se tratando da Capital cearense, o chefe do Poder Executivo já demonstrou estar alinhado com as políticas do prefeito Roberto Cláudio, que apoia o candidato Sarto, do PDT. Na segunda-feira (02), o pedetista voltou a publicar foto ao lado do governador com a frase “parceria que dá resultados, amizade de verdade”. Em contrapartida, a candidata do Partido dos Trabalhadores (PT), Luizianne Lins, postou um vídeo em que o governador defende o legado da agremiação.

Em Caucaia, o candidato Elmano (PT) também tem utilizado imagens e vídeos de Camilo em sua campanha. Lá, Naumi Amorim (PSD), que tenta reeleição, até tentou se atrelar ao chefe do Executivo, mas o postulante já foi notificado pela Justiça para não utilizar imagens ao lado do petista.

Por outro lado, outros postulantes têm se aproveitado da popularidade de Camilo para aparecer ao lado do governador em busca de facilitar a eleição ou reeleição. O governador já gravou vídeos e fez fotos ao lado de candidatos aliados no Crato, em Barbalha, Juazeiro do Norte, Sobral, Itapipoca, Canindé, São Gonçalo do Amarante, Maracanaú, dentre outros. Nos locais onde possui mais de um candidato aliado da gestão, ele tem evitado gravar ou sinalizar apoio a um único postulante.

Blog do Edison Silva