Ceará tem 170 testes de Covid que vencem em dezembro; Secretaria da Saúde afirma que não há prejuízo

Ceará tem 170 testes de Covid que vencem em dezembro; Secretaria da Saúde afirma que não há prejuízo


O Ceará tem em estoque 170 kits de testes RT-PCR para Covid, os exames moleculares, prestes a vencerem nos dias 15 e 21 dezembro, segundo a Secretaria Estadual da Saúde (Sesa). Os testes foram repassados pelo Ministério da Saúde, mas, a Sesa assegura que "não haverá prejuízo, já que, que por dia são utilizados 20 kits". 

A polêmica sobre a validade dos testes da Covid ganhou repercussão após vir à tona a informação que Ministério da Saúde armazena, em São Paulo, um estoque com 6,86 milhões de exames que podem perder validade até janeiro de 2021. 

O SVM questionou a Sesa sobre quantos testes devem vencer ainda esse ano no estoque do Ceará e quantos perderão a validade em janeiro. Mas, a pasta, em nota, informou somente a quantidade dos kits que vencem no próximo mês.

O RT-PCR é feito com base em amostras da região do nariz e da garganta do paciente e indica o vírus ativo. Esse tipo de teste é considerado o padrão ouro na testagem por ser o de maior precisão para o diagnóstico da Covid-19. 

De acordo com a Sesa, no Ceará, durante a pandemia, o Governo do Ceará adquiriu com recursos próprios 300.000 unidades de testes rápidos e 51.032 exames de RT-PCR. Já o Ministério da Saúde, diz a nota, "enviou 516.384 testes para diagnóstico da Covid-19 de março a novembro". Do total de exames repassados pelo Governo Federal 337.800 são testes rápidos, com validade para março de 2021; e 178.584 são RT-PCR.  

Diário do Nordeste