Cid Gomes fala pela primeira vez sobre acordo que definiu candidato de oposição em Santa Quitéria

Cid Gomes fala pela primeira vez sobre acordo que definiu candidato de oposição em Santa Quitéria


Em entrevista a rádio Voz FM de Sobral, nesta sexta-feira (06), o senador Cid Gomes (PDT) falou pela primeira vez sobre o acordo que tentou costurar no início do processo eleitoral para unificar os líderes de oposição em Santa Quitéria, até alçar a candidatura de Braguinha (PSB).

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Perguntado pelo radialista Luiz Siqueira o porque de não ter dado legenda a Fabiano Lobo - que se lançava como pré-candidato -, Cid disse que isso não aconteceu. "Se disseram isso para ele, isso não procede", complementou explicando como ele tentou unir e que quando firmado, o próprio ex-prefeito também havia aceitado os termos do "acordo".


Quando na sua convenção, a decisão do diretório estadual do PDT foi de que o partido não lançaria candidato e faria coligação com o PSB de Braguinha. Postura essa que não foi seguida por ele Fabiano, que foi categórico em afirmar que não apoiaria o seu ex-vice. Ao longo da campanha, através das redes sociais, ele chegou a fazer críticas ao candidato.