Cidade da China reveste seis edifícios residenciais com granito de Santa Quitéria

Cidade da China reveste seis edifícios residenciais com granito de Santa Quitéria


Estão crescendo as exportações cearenses de quartzitos para os mercados italiano e norte-americano, segundo informa o presidente do Sindicato da Indústria de Mármores e Granitos do Ceará (Simagran), Carlos Rubens Alencar.

(Quartzitos são material que pode ser usado não apenas como rocha ornamental, mas também como rocha estrutural, podendo ser empregado como embasamentos, aterros e até mesmo como agregado para o concreto).
 
Ele também revelou que o granito Branco Ceará, “uma de nossas mais importantes e disputadas grifes”, já foi escolhido para revestir os templos mórmons de Brasília e Salvador. Mas o sucesso dessa rocha é ainda maior na Ásia.

Em Xiamen, na China, o Branco Ceará revestirá as seis novas torres residenciais da cidade (cada torre tem 24 andares), as quais estão em fase de acabamento. Esse granito é extraído do chão do municípios de Santa Quitéria, no Norte do Ceará, onde se expande sua exploração.

Diário do Nordeste