Na véspera da eleição, Tomás e Braguinha se manifestam sobre clima de segurança em Santa Quitéria

Na véspera da eleição, Tomás e Braguinha se manifestam sobre clima de segurança em Santa Quitéria


A poucas horas da eleição que ocorrerá neste domingo (15), os candidatos a prefeito de Santa Quitéria revelaram seus posicionamentos acerca dos últimos acontecimentos policiais registrados na cidade, que permanecem sendo investigados pelas forças de segurança.

A segurança foi reforçada desde ontem, com equipes das Polícias Civil, Militar e Federal que estão patrulhando pelas ruas, para garantir tranquilidade aos candidatos, eleitores e funcionários da Justiça Eleitoral.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Tomás Figueiredo (MDB) disse em entrevista ao jornal O POVO que, apesar de possíveis interferências externas, segue realizando sua campanha normalmente e não se intimidou. Ele disse que em 27 anos na política nunca havia passado por uma situação em que uma facção criminosa tentava intervir no pleito e classificou a situação como "estranha".

O PSB, partido do candidato Braguinha, afirmou em nota "repudiar toda e qualquer ação de cunho ilícito praticada durante o processo eleitoral e afirma o compromisso de lutar pelos ideais democráticos que regem a filosofia, visão, missão, valores e propósitos deste partido". A nota traz ainda que Braguinha "se indigna com as acusações realizadas e solicitando das autoridades policiais de alto escalão providências urgentes para conter a disseminação de Fake News e, principalmente, de ódio no processo democrático que ora se apresenta".