Pediatras apoiam retorno das aulas presenciais durante a pandemia; veja o por quê

Pediatras apoiam retorno das aulas presenciais durante a pandemia; veja o por quê


Um grupo de pediatras de diversos hospitais e universidades assinou uma carta na qual informam que apoiam a reabertura das escolas com aulas presenciais durante a pandemia de Covid-19. No documento, os autores apresentam artigos científicos que mostram que o retorno às atividades escolares presenciais é seguro para crianças e adolescentes, desde que medidas de proteção individual sejam implementadas.

Até a última terça-feira (24), mais de 400 pediatras haviam assinado o texto. Ao todo, quase 2.000 pessoas já assinaram o documento de forma digital - pelo menos mil dessas assinaturas pertencem a médicos, segundo os autores do texto. Os organizadores da iniciativa dizem que se trata de um grupo independente de instituições de saúde e ensino.

No documento, os autores argumentam que os mais jovens muito raramente têm complicações graves da Covid-19.

Crianças infectadas
Algumas estimativas de cientistas indicam que as mortes de crianças representam menos de 1% do total de óbitos causados pela doença. 

As infecções registradas nessa faixa etária no mundo todo equivalem a cerca de 2% do total, segundo a Sociedade de Pediatria de São Paulo (SPSP) – crianças e adolescentes formam aproximadamente 25% da população mundial.

Diário do Nordeste