Polícia investiga morte de bebê de 3 dias de vida após ter supostamente recebido medicação errada

Polícia investiga morte de bebê de 3 dias de vida após ter supostamente recebido medicação errada


A Polícia Civil está investigando a morte de uma criança de apenas três dias de vida, na cidade de Itapipoca, região Norte do Estado. Segundo familiares, a bebê teria morrido na manhã desta segunda-feira (9) “após receber uma medicação errada de uma enfermeira” do Hospital São Camilo. O caso foi registrado na noite desta segunda-feira (9), na Delegacia do Município. 

De acordo com Edilania Fialho, tia da pequena Ana Laura, a criança teria recebido “uma benzetacil” por volta das 10h40 de ontem e falecido em seguida. “Segundos depois ela já ficou roxa e 20 minutos após o hospital informou que minha sobrinha estava morta”, conta. 

Edilania explica que Ana Laura “nasceu saudável” no último dia 6 de novembro. A mãe, Francisca Talita Ferreira do Carmo, de 20 anos, teria sido diagnosticada com sífilis e, por isso, começou um tratamento lá mesmo no Hospital São Camilo. 

“A Ana Laura também foi diagnóstica e por isso iniciou um tratamento, mas com outra medicação. Ontem, quando a enfermeira chegou para aplicar a injeção, a minha cunhada percebeu que estava algo errado. A cor da medicação era diferente das outras e a agulha mais grossa. Ela ainda alertou a enfermeira, mas mesmo assim a injeção foi aplicada. Segundos depois ela ficou roxa e depois morreu”, relata Edilania.  

No momento do ocorrido, Edilania fazia uma videochamada com a mãe de Ana Laura. “É uma dor muito forte. Mas vamos em busca de respostas. Queremos que a Polícia investigue tudo”, completou. O corpo da pequena Ana Laura foi levado à Perícia Forense, em Fortaleza. O velório deverá acontecer amanhã (11), em Itapipoca.

Diário do Nordeste