Secretaria da Educação compra kits para gravar aulas e cogita atividades remotas em 2021 no Ceará

Secretaria da Educação compra kits para gravar aulas e cogita atividades remotas em 2021 no Ceará


Com o final do ano letivo, as expectativas para 2021 já começam a aparecer. Ainda sem decisão oficial sobre como será a conclusão da educação em 2020 nas escolas da rede pública estadual no Ceará, a Secretaria de Educação (Seduc) tem adquirido material para garantir que as atividades remotas possam continuar ocorrendo no próximo ano, independemente do retorno ao ensino presencial. 

Durante esta semana, a Seduc anunciou que o Governo do Estado adquiriu kit de gravação para todas as 728 escolas públicas estaduais, incluindo os Centros de Educação de Jovens e Adultos (Cejas) e os 13 Centros Cearenses de Idiomas (CCIs). O investimento total, diz a pasta, é de R$ 5,6 milhões. Conforme a Seduc, em 15 dias as escolas terão a disposição todos os equipamentos. 

Cada kit tem um computador, câmera e tripé e servirá para as atividades de gravação nas unidades escolares. A ideia é uniformizar e melhorar a qualidade das aulas online transmitidas aos alunos da rede estadual. 

O secretário executivo do Ensino Médio e Profissional da Seduc, Rogers Mendes afirmou que, “Não sabemos ainda qual vai ser a carga horária presencial e a complementação remota. Mas, mesmo no contexto em que a gente esteja completamente presencial, ainda assim, até para compensar muitas atividades que não foram realizada em 2020, o uso das atividades remotas ainda terá continuidade em 2021”. 

Diário do Nordeste