Tribunal cassa mandato de Pedro Bezerra por uso da máquina pública nas Eleições de 2018

Tribunal cassa mandato de Pedro Bezerra por uso da máquina pública nas Eleições de 2018


O pleno do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) decidiu nesta quarta (25) cassar o mandato do deputado federal Pedro Bezerra (PTB), de Juazeiro do Norte. A ação trata-se de uma denúncia de irregularidades ocorridas ainda em 2018. Os desembargadores entenderam que, à época, foi usada a estrutura da Secretaria de Educação para a campanha de Pedro, e consequentemente para elegê-lo.

A Secretária de Educação Maria Loureto de Lima, na mesma condenação do TRE, tornou-se inelegível por oito anos, a partir da eleição de 2018. Isso porque o pleno considerou que, na condição de chefe da pasta e coordenadora de campanha, ela agiu utilizando a estrutura da secretaria durante o pleito.

Foram 6 votos a zero em favor da cassação de Pedro Bezerra. Com isso, o deputado não poderá continuar no cargo enquanto recorre à instância superior. Quanto a sua ilegibilidade por oito anos, o placar foi de 5 x 1, permanecendo elegível. Assim como Arnon Bezerra (PTB), que também não perdeu a elegibilidade pelo mesmo placar.

Site Miséria