Camilo Santana sobre rumores de saída do PT: "Pura especulação"

Camilo Santana sobre rumores de saída do PT: "Pura especulação"


O governador do Ceará, Camilo Santana (PT) afirmou, na manhã desta terça-feira, 29 de dezembro, que os rumores sobre sua saída do Partido dos Trabalhadores não passam de "pura especulação" e que "divergências são naturais". Declaração foi dada durante entrevista concedida à Rádio O POVO CBN, na qual o governador também tratou de temas como vacinação, Governo Federal e articulações políticas. 

No campo político, Camilo vem dedicando-se à articulação com o PDT na Capital desde antes das eleições de 2020. Sem sucesso num primeiro momento, já que o PT lançou candidatura própria. No 2° turno, os petistas apoiaram o PDT, mas agora discutem se devem ou não aliar-se ao prefeito eleito José Sarto (PDT) na Câmara Municipal de Fortaleza (CMFor).

"Eu sempre respeitei as decisões partidárias. Até porque respeitei o PT lançar candidatura à Prefeitura de Fortaleza, mesmo discordando. Sempre defendi uma aliança PT e PDT em Fortaleza, como temos a nível estadual, minha vice é do PDT, e em vários municípios do Ceará. Tenho procurado defender que temos muito mais convergências do que divergências, então nada mais natural do que termos, aqui na Capital, uma parceria", disse o governador.

Apesar de reforçar preferência pelo entendimento entre as legendas, Santana destacou que a decisão cabe ao diretório municipal. "Sempre respeitei as decisões do partido e continuarei fazendo. Mas o que eu defendo é a necessidade de cada vez mais nos unirmos em torno de um projeto democrático (...) É fundamental que possamos nos unir em defesa da Capital cearense", encerrou.

O POVO Online