Chefe de facção é acusado de obrigar moradores a dormirem com as casas abertas para armazenar armas e drogas

Chefe de facção é acusado de obrigar moradores a dormirem com as casas abertas para armazenar armas e drogas


Policiais militares apreenderam armas, drogas e munição, durante a última terça-feira (22), em Caucaia, Região Metropolitana de Fortaleza. De acordo com a PM, o material é de um homem apontado como chefe de uma organização criminosa que obrigava moradores da região a dormir com as portas das casas abertas para que pudesse usar os imóveis como ponto de armazenamento de drogas e para fugir dos agentes durantes operações policiais.

Após denúncias sobre as ameaças aos moradores, agentes da Força Tática foram até o local e avistaram o suspeito jogando uma sacola para dentro de uma das casas. Houve uma perseguição, mas ele conseguiu fugir.

Dois revólveres, pacotes de maconha, uma quantidade de skank e uma balança de precisão foram apreendidos.

Duas mulheres foram conduzidas à delegacia para prestar esclarecimentos após os policiais encontrarem uma sacola com entorpecentes na casa delas. Ambas foram liberadas em seguida. O suspeito está sendo procurado. 

Diário do Nordeste