Governo atualiza plano de contingência para combater segunda onda de Covid no Ceará

Governo atualiza plano de contingência para combater segunda onda de Covid no Ceará


A Secretaria Estadual da Saúde (Sesa) lançou, nesta quarta-feira (9), uma nova versão do Plano de Contingência de combate à pandemia no Ceará. O documento, intitulado  "Plano Estadual de Contingência contra a Doença pelo Coronavírus (Covid-19)", traz recomendações técnicas para o enfrentamento de uma possível segunda onda no Estado. 

No plano há um resumo das ações executadas pela gestão da saúde desde o início da crise sanitária, e também orientações aos profissionais da saúde e à população sobre como proceder no atual momento e nos próximos períodos. 

A apresentação do documento, assinada pelo titular da Sesa, Carlos Roberto Martins Rodrigues Sobrinho, Dr. Cabeto, reforça que "a vigilância em todo o Estado, no atual cenário epidemiológico, não pode prescindir da notificação e da investigação imediata de todos os casos suspeitos e contatos, identificar e interromper surtos da Doença pelo Coronavírus para que as medidas de prevenção e controle possam ser desencadeadas oportunamente".

No plano, as ações necessárias em diversos setores do acompanhamento e atendimento aos pacientes com Covid são reorganizadas e redirecionadas, conforme os critérios mais adequados para o atual contexto. Na prática, o documento estabelece como devem proceder a vigilância epidemiológica, sanitária, laboratorial e a imunização, atenção primária à saúde e as ações de comunicação e divulgação. 

O texto também destaca que o Ceará "soube suportar a primeira onda com estratégias bem definidas e com ações oportunas". Além disso, reforça que é fundamental que as estruturas de Estado estejam preparadas e orientadas para o enfrentamento, "do que outros países já vêm enfrentando e chamando de segunda onda". O objetivo é organizar as ações para que o setor da saúde tenha capacidade de resposta, caso haja a consolidação de uma segunda onda.

Diário do Nordeste