Instituto Maria da Penha lança campanha digital contra violência psicológica

Instituto Maria da Penha lança campanha digital contra violência psicológica


O Instituto Maria da Penha lançou, no último mês de novembro, uma campanha virtual em combate à violência psicológica sofrida por mulheres. O perfil @agressornãotemperfil, no Instagram, utiliza de frases ditas em relacionamentos abusivos como forma de chamar atenção aos sinais da violência, além de promover dicas e vídeos de alertas com especialistas sobre o tema.

A campanha é parte do reforço para evidenciar indícios de violência entre os dias 25 de novembro, quando é celebrado o Dia Internacional da Não-Violência Contra as Mulheres, e 10 de dezembro, data em alusão ao Dia Internacional dos Direitos Humanos.

Iniciativa
Entre as frases que compõem a ação relacionada à violência psicológica estão: “Ele tem a minha senha porque não tenho nada a esconder” e “Ele me ama, por isso implica com as minhas roupas”.

A psicóloga e voluntária na ação, Thaís Sousa, avalia que o abuso psicológico deve ser discutido tanto quanto a violência física. “A violência psicológica pode reverberar por anos a fio na vida de uma pessoa. Precisamos trazer à tona a violência velada, aquelas enraizadas na nossa sociedade e que corroboram com esse abuso psicológico, relacionamentos tóxicos”, coloca.

Para a psicóloga, a ação nas redes sociais busca democratizar a discussão sobre o assunto para essa chegue ao conhecimento de quem sofre com o tipo de abuso. A profissional menciona ainda que há algumas formas de identificar o abuso, uma delas é a sondagem e o autoquestionamento.
 
“Mudei demais? Lembro de uma época que eu já fui mais segura? Estou constantemente pedindo desculpas? Estou o tempo todo vigilante sobre meus passos? Eu sou espontânea? Quais as suas emoções mais frequentes em relação ao seu parceiro? Dependendo da resposta, esse tipo de indício pode sim indicar que você tem sido vítima de uma violência psicológica, ainda que o agressor pareça uma pessoa incrível, agressor não tem perfil”.

Diário do Nordeste