Isolamento cai ao menor nível da pandemia apesar de aumento de casos, aponta Datafolha

Isolamento cai ao menor nível da pandemia apesar de aumento de casos, aponta Datafolha


Mesmo com a recente alta de contaminações e de mortes pela Covid-19 no Brasil, cada vez menos pessoas se dizem em isolamento, aponta pesquisa Datafolha. Segundo o levantamento, o número chegou em dezembro ao menor nível desde abril, quando o instituto começou a fazer essa pergunta.

Em dezembro, 7% dos entrevistados disseram que estão vivendo normalmente, sem mudar em nada sua rotina, e 54% afirmaram que estão tomando cuidado, mas saem de casa para trabalhar ou fazer outras atividades. Em 3 de abril, no começo da pandemia, esses números eram de 4% e 24%, respectivamente.

Já os que se disseram completamente isolados em dezembro foram 5% dos entrevistados. O recorde havia sido de 21% em 17 de abril. E os que dizem que só saem de casa quando é inevitável, hoje em 34%, haviam chegado a 54% no começo de abril.

Isso coincide com a abertura que estados e prefeituras promoveram, relaxando as medidas de contenção do vírus e autorizando a reabertura de comércios e serviços não essenciais, de modo que as pessoas tiveram que voltar a sair de casa para trabalhar presencialmente.