Mesmo sem festa de Réveillon, Vila de Jeri registra aglomeração e bares desrespeitam decreto

Mesmo sem festa de Réveillon, Vila de Jeri registra aglomeração e bares desrespeitam decreto


Mesmo com a badalada festa de Réveillon cancelada, a Vila de Jericoacoara, no litoral oeste do Estado, tem recebido grande número de visitantes. Nesta segunda-feira (28), vários pontos de aglomeração foram registrados em fotos e vídeos. As imagens que circulam nas redes sociais mostram que muitos visitantes não usavam máscaras de proteção contra a Covid-19 e também não mantinham o distanciamento social.  

No último dia 12 de dezembro, o prefeito de Jijoca de Jericoacoara, Lindbergh Martins, proibiu através de decreto, a realização de festas "de qualquer tipo, em quaisquer restaurantes, barracas de praia, hotéis e outros estabelecimentos em ambientes fechados e abertos". O decreto restringem também o horário de funcionamento de restaurantes, barracas e lojas e proíbe "disponibilização de música ambiente". No entanto, nenhuma dessas normativas foram cumpridas. 

A Polícia Militar do Ceará informou através de nota que o policiamento em Jericoacoara é realizado "diuturnamente por viaturas da 3ª Companhia do 11º Batalhão Policial Militar, do Batalhão de Policiamento Turístico (BPTur), do efetivo do Batalhão de Polícia de Trânsito Urbano e Rodoviário Estadual (BPRE) e do Departamento Estadual de Trânsito (DETRAN)".

A PM garantiu ainda que "vem cumprindo rigorosamente o exposto no Decreto, fechando às 22h os bares e demais estabelecimentos que possam causar algum tipo de aglomeração de pessoas" e disse que realiza um trabalho de conscientização junto aos proprietários de hotéis e pousadas.