Motorista de app é preso acusado de matar travesti que reagiu a assalto no Ceará

Motorista de app é preso acusado de matar travesti que reagiu a assalto no Ceará


Um motorista de aplicativo de carros particulares foi preso por policiais militares Avenida Raul Barbosa, em Fortaleza. O suspeito identificado como Bruno Adams Bezerra de Oliveira possuia um mandado de prisão em aberto pelo assassinato de uma travesti identificada como Letícia Costa. A vítima foi assassinada com um tiro na cabeça no Centro de Fortaleza, em 10 de agosto.

De acordo com informações divulgadas pela Polícia Civil ainda nesta quarta-feira (9), o crime ocorreu quando Letícia reagiu a uma tentativa de assalto. Outros três suspeitos pelo crime ainda não foram identificados.

Investigação
As autoridades chegaram ao nome do acusado devido ao veículo identificado na cena do crime. Conforme a delegada Patrícia Sena, Adams confessou ter participado da ação durante depoimento prestado às autoridades, porém, o acusado diz ter sido obrigado pelos outros três suspeitos a dirigir o carro naquele dia.

Sobre a versão do motorista que afirma também ser vítima, Patrícia Sena destacou que não há indicativos a favor de Adams, já que o carro, assim como outros bens dele não foram tomados pelos demais assaltantes ainda não identificados.

G1-CE