Quase 1.600 profissionais de saúde receberam auxílio após diagnóstico de Covid-19 no CE

Quase 1.600 profissionais de saúde receberam auxílio após diagnóstico de Covid-19 no CE


Durante a pandemia de Covid-19, a Secretaria de Saúde (Sesa) concedeu auxílio financeiro a 1.586 profissionais de saúde cearenses, entre agentes com cargos de nível técnico, médio e superior. O benefício, destinado a profissionais não servidores que atuaram na rede estadual, é concedido em casos de afastamento profissional ou falecimento em decorrência do coronavírus (Sars-Cov-2).

Ainda segundo a Sesa, a família de um profissional vitimado pela doença solicitou suporte financeiro por conta do falecimento.

Profissionais de nível técnico e ensino médio foram os que mais receberam auxílio por afastamento. Pelo menos 712 agentes com a formação tiveram acesso ao suporte financeiro concedido pela Sesa. Em seguida, aparecem os atuantes de nível superior não médicos (636) e os profissionais da medicina (239). 

O Ceará ultrapassou a marca de 18 mil agentes infectados pelo coronavírus (Sars-Cov-2). De acordo com o IntegraSUS, plataforma da Sesa que acompanha o avanço da pandemia no Estado, até às 10h10 desta terça-feira (29), 18.448 profissionais foram diagnosticados com Covid-19. Destas ocorrências, 40 evoluíram para óbito. 

Técnicos e auxiliares em enfermagem lideram as infecções entre os agentes. Pelo menos 5.188 profissionais da categoria foram diagnosticados com a doença. Em seguida, aparecem os enfermeiros, com 2.734 casos registrados de Covid-19 desde o começo da pandemia. Agentes comunitários de saúde (1.661) e médicos (1.547) completam a lista.

Diário do Nordeste