"Se houver necessidade de o Estado precisar tomar decisões mais duras, nós vamos tomar" alerta Camilo sobre Covid-19

"Se houver necessidade de o Estado precisar tomar decisões mais duras, nós vamos tomar" alerta Camilo sobre Covid-19


O governador Camilo Santana (PT) afirmou que o Estado será mais rigoroso com os estabelecimentos que descumprirem as regras sanitárias de combate à Covid-19. A fala aconteceu durante live, na manhã desta segunda-feira (07), para anunciar aquisição de novos equipamentos para a rede estadual de Saúde. O governador não informou, entretanto, o que caracteriza mais rigor na fiscalização.

Ele ressaltou novamente que o Ceará, assim como o mundo inteiro, está enfrentando um ciclo de aumento de casos confirmados para Covid-19. Por isso, pediu à população mais consciência e adesão às medidas de proteção, como uso de máscara e distanciamento social. O uso de máscaras de proteção continua obrigatório ao sair de casa em todo o Estado. 

Camilo ainda reforçou que os cearenses também devem fiscalizar e denunciar os estabelecimentos infratores. Para isso, basta ligar 190 ou acessar o aplicativo Ceará 190. A denúncia é sigilosa. "Nós estamos falando de salvar vidas, proteger as pessoas e proteger a economia. Porque se houver necessidade de o Estado precisar tomar decisões mais duras, nós vamos tomar", alertou o governador.

Vacinação
Camilo também mencionou que o Estado, por meio da Secretaria de Saúde do Ceará (Sesa), está trabalhando para "trazer essa vacina o mais rápido possível para o Ceará". No começo de dezembro, o secretário Dr. Cabeto informou nesta que tem mantido contato com o estado de São Paulo, onde há produção e parceria com laboratórios de vacina para a Covid-19, além de também estar acionando outros países onde pesquisas são desenvolvidas.

O Povo