Sobe para 18 o número de pessoas mortas em queda de ônibus em Minas Gerais

Sobe para 18 o número de pessoas mortas em queda de ônibus em Minas Gerais


Subiu para 18 o número de mortos no acidente do ônibus que caiu na Ponte Torta, na BR-381, em João Monlevade (MG), na tarde desta sexta-feira (4). Há outras 26 pessoas feridas, conforme o último balanço da Secretaria de Estado de Governo. Treze das vítimas já foram identificadas, onze homens e duas mulheres. As informações são do portal G1. 

Um dos mortos é um homem de 59 anos, que estava internado e faleceu na manhã deste sábado (5).  Três passageiros do ônibus não precisaram de atendimento médico.

Segundo a ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres), a empresa responsável pelo ônibus operava com autorização de uma liminar da Justiça e o veículo envolvido no acidente, pelas informações de placas que foram repassadas à agência, não estava habilitado a prestar transporte de passageiros. 

O ônibus já havia sido autuado três vezes, em 2019, por transporte irregular de passageiros. A empresa afirmou que os fatos estão sendo apurados e que está a disposição para prestar suporte "humano, digno, com compaixão e empatia".

Um inquérito foi instaurado na Polícia Civil de Minas Gerais para apurar as causas do acidente. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) suspeita que o veículo tenha perdido o freio. O motorista do ônibus pulou do veículo e fugiu, conforme testemunhas.

“Nesse momento, o condutor gritou que havia perdido os freios e o ônibus começou a voltar de ré, descontrolado, batendo na proteção lateral da ponte. Nesse momento, seis pessoas conseguiram pular do ônibus antes que ele caísse, incluindo o motorista, que ainda não foi localizado”, disse o Corpo de Bombeiros.