Após 14 meses sem partido, presidente Jair Bolsonaro deve se filiar ao Patriota

Após 14 meses sem partido, presidente Jair Bolsonaro deve se filiar ao Patriota


Após passar 14 meses sem filiação a nenhum partido, o presidente Jair Bolsonaro deve se filiar ao Patriota. De acordo com o jornalista José Maria Trindade, da Jovem Pan, o presidente descartou outros convites de partidos políticos, como o PL, por não querer carregar as contas dos pecados antigos das legendas.

Agora, a expectativa é a de que toda a família Bolsonaro se filie ao partido. Com isso, Carlos Bolsonaro e Flávio Bolsonaro, atualmente filiados ao Republicanos, assim como Eduardo Bolsonaro (PSL), devem acompanhar o pai na mudança partidária.

Ao longo de 2020, o presidente defendeu em diversas ocasiões a criação da legenda Aliança pelo Brasil, que não conseguiu assinaturas necessárias para adquirir a obtenção do registro no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Até 26 de fevereiro do ano passado, o grupo tinha apenas 3.334 das 492 mil assinaturas necessárias.

Jovem Pan