Cientista defende que Brasil adote lockdown para frear mortes por Covid-19

Cientista defende que Brasil adote lockdown para frear mortes por Covid-19


O cientista Miguel Nicolelis, coordenador da comissão científica do Consórcio Nordeste para Combate ao Coronavírus, pede que o Brasil entre em lockdown geral para frear o avanço da Covid-19. Ele se expressou em sua conta oficial no Twitter.

Nicolelis cita o primeiro-ministro da Inglaterra, Boris Johnson, que implantou o terceiro lockdown no país. “Por aqui [no Brasil], a palavra lockdown virou palavrão para gestores. Tanto melhor para o coronavírus que se beneficia da inoperância, omissão e ignorância rampantes”, afirmou em outra postagem.

Por isso, ele aponta que o Brasil corre o risco de entrar em um colapso sanitário, social e econômico em 2021, caso nenhuma medida do tipo seja tomada.

Em novembro, o cientista sugeriu que o Brasil fechasse seu espaço aéreo para impedir a chegada de uma segunda onda da doença. Sua ideia, portanto, era o bloqueio de voos dos Estados Unidos e da Europa.

Metrópoles