Com vacina de Oxford, Camilo discute ampliar cobertura da imunização de grupo prioritário no Ceará

Com vacina de Oxford, Camilo discute ampliar cobertura da imunização de grupo prioritário no Ceará


O governador Camilo Santana (PT) se reúne neste domingo (24) com uma equipe técnica para definir o plano de distribuição das 72,5 mil doses da vacina desenvolvida pela Universidade de Oxford com o laboratório AstraZeneca, recebidas no último sábado (23). Dentre os pontos discutidos, estará a ampliação da cobertura do grupo prioritário. 

“Vamos iniciar (a vacinação) imediatamente. A Secretaria de Saúde vai definir (o plano de distribuição). Vamos ampliar as pessoas da primeira fase nos grupos de vacinação”, disse o governador durante coletiva. 

Durante a reunião, deve ser decidido se é viável incorporar os idosos a partir de 75 anos nesta primeira etapa da campanha ou se haverá uma ampliação da imunização dos profissionais de saúde. 

De acordo com a Secretaria da Saúde (Sesa), até o momento, o primeiro lote que chegou ao Estado, da vacina CoronaVac, conseguiu abarcar 34% dos profissionais na linha de frente de combate à Covid-19. Indígenas e idosos que estão em Instituições de Longa Permanência (ILPIs) também foram contemplados.
 
O titular da Secretaria da Saúde, Carlos Roberto Martins, Dr. Cabeto, frisou que os lotes ainda não foram suficientes para atender toda a população. Por esta razão, serão estipulados critérios para a distribuição da vacina de Oxford.

Diário do Nordeste