Funcionário de lava-rápido destrói Ferrari de R$ 1,9 milhão de goleiro

Funcionário de lava-rápido destrói Ferrari de R$ 1,9 milhão de goleiro


Um funcionário de um lava-rápido destruiu uma Ferrari 812 Superfas do goleiro do time de futebol italiano Genoa, Federico Marchetti, avaliada em R$ 1,9 milhão. O caso aconteceu na terça-feira, 12, em Gênova, na Itália. Antes do treino, Marchetti deixou o superesportivo no local, próximo ao centro de treinamento do clube. Após o carro ser lavado, um dos funcionários foi levá-lo de volta ao atleta.

Conforme o jornal britânico Daily Mail, o funcionário perdeu o controle da 812 Superfast no trajeto e bateu em outros cinco carros que estavam estacionados, parando apenas ao atingir uma mureta. Ninguém ficou ferido no acidente. Imagens e vídeos do local viralizaram rapidamente na internet, mostrando carros de bombeiros limpando as ruas cheias de óleo derramado.

O modelo do carro é equipado com motor 6.5 V12 de 812 cv e 73,2 kgfm, além de câmbio automático de dupla embreagem com sete marchas. Para explicar o acidente, um dos motivos pode ter sido a dosagem do acelerador, a qual não foi muito bem controlada. No entanto, resta saber se o seguro de Marchetti vai cobrir o prejuízo, uma vez que o goleiro não estava ao volante. As informações são do portal AutoEsporte, da Globo.

No Instagram, o goleiro do Genoa disse: “Lamento muito o que aconteceu. Graças a Deus ninguém se machucou e essa é a notícia mais importante. Eu li um monte de coisas ruins. Vamos deixar pra lá, espero não ter que ler mais”.

O nome da empresa ou do funcionário não foram revelados. O Genoa, um dos clubes mais tradicionais do futebol italiano, não anda bem no campeonato nacional. A equipe está apenas uma posição acima da zona de rebaixamento. Somado ao fracasso no campo, o goleiro Federico Marchetti, que além de ver o time ter tomado 30 gols em 17 jogos, agora teve sua Ferrari 812 Superfast destruída.

Auto Esporte