Ivo Gomes elenca vacinação, retorno às aulas e economia como foco para início de governo

Ivo Gomes elenca vacinação, retorno às aulas e economia como foco para início de governo


O segundo mandato de Ivo Gomes (PDT) à frente da Prefeitura de Sobral inicia com três focos: vacinação, retorno às aulas presenciais e a geração de emprego e renda no Município. Empossado ontem, o prefeito afirmou que estas tarefas são urgentes dentro da gestão municipal e devem ser tratadas ainda durante o primeiro semestre de 2021. Ivo Gomes foi empossado na Câmara Municipal com a vice, Christianne Coelho (PT). 

Estudantes do ensino infantil e fundamental, além dos profissionais da educação, aguardam a decisão do Poder Público sobre a volta ao ensino presencial. Segundo Ivo Gomes, uma consulta pública foi realizada com as famílias responsáveis pelos alunos para contribuir com a elaboração de um Plano Municipal para o retorno seguro. 

Com o aumento dos índices de criminalidade, o prefeito pretende fortalecer iniciativas na segurança pública. “Iremos contratar mais 100 homens e mulheres para a Guarda Municipal, além de implementar um projeto mais agressivo para a prevenção a entrada de jovens no crime”, disse.

As primeiras ações visando à recuperação econômica também serão adotadas ainda em janeiro, informou o gestor. “Iremos tomar providências para ajudar as pessoas que ficaram desprotegidas com o fim do auxílio emergencial”, explicou. Para isso, será feita a contratação de mil chefes de família para atuar em serviços de limpeza e conservação da Prefeitura ainda neste mês.

Outras duas iniciativas visam oferecer mais fôlego aos empreendedores da cidade: um plano “radical” de desburocratização, “para facilitar abertura de novos negócios e a expansão dos já existentes”, e um programa de refinanciamento de dívidas. Este último, que será enviado como projeto de lei para o legislativo municipal, será direcionado tanto a pessoas jurídicas como a pessoas físicas. 

Com críticas ao Governo Federal, Ivo Gomes destacou a preocupação com a chegada da vacina contra Covid-19. A Prefeitura de Sobral, informou, já adquiriu 200 mil seringas e agulhas — suficiente para aplicação das duas doses em 100 mil pessoas.

Diário do Nordeste