Participante é expulso do 'Big Brother Portugal' por saudação nazista

Participante é expulso do 'Big Brother Portugal' por saudação nazista


O participante Hélder Teixeira, do Big Brother Portugal, foi expulso do reality show, na quinta-feira (28), depois de proferir insultos homofóbicos, sexistas e de, diversas vezes, reproduzir a saudação nazista.

A emissora TVI, então, anunciou ao vivo a expulsão do participante, que veio da edição 2020 e estava na versão Duplo Impacto, que reúne ex-participantes de temporadas de anos anteriores do Bi Brother Portugal.

Em diversos vídeos, ele foi visto levantando os braços com a famosa saudação dos nazistas, que ascendeu durante a Segunda Guerra Mundial, sob o comando de Adolf Hitler e levou ao extermínio de milhões de pessoas, em sua grande maioria judeus. 

"Abaixe o braço. Não faça isso, que isso é péssimo”, condenou Helena, uma participante. Ele, então, chega a marchar como as tropas de Hitler e debochar do assunto. "Não é grave nada, faz parte da história", desdenhou ele.

O "big boss", então, fez o anúncio diante de todos os outros participantes de que ele deixaria a competição. "Há temas com os quais nunca podemos brincar, correndo o risco de os desvalorizar ou banalizar. O gesto que você fez simboliza milhões de mortos. Hélder sabe melhor que ninguém a importância das palavras e gestos no Big Brother, Por tudo isso, Hélder, deixou de ser bem-vindo na minha casa. Está expulso do Duplo Impacto. Pode se despedir dos seus companheiros e deixar a minha casa".

A TVI emitiu um comunicado para a imprensa sobre a decisão. "No Dia Internacional da Lembrança do Holocausto, Hélder replicou uma conhecida saudação nazi depois de já o ter feito anteriormente e ter sido avisado por Quinaz e Helena quanto à gravidade do seu comportamento. O concorrente de Santa Maria da Feira parece não ter entendido a gravidade da situação e repetiu vários gestos inaceitáveis alusivos a esse marco tão negativo da história."

Quem