Produtores despejam leite estragado em frente à Enel para protestar contra falta de energia

Produtores despejam leite estragado em frente à Enel para protestar contra falta de energia


Produtores de leite despejaram vários galões de leite estragado em frente à unidade da Enel de Palmeiras de Goiás, na região central do estado, para protestar contra as constantes quedas de energia na região. Eles falaram que já perderam cerca de 5 mil litros de leite.

O protesto aconteceu na tarde de quarta-feira (27). Os produtores do Assentamento Canudos disseram que as quedas de energia acontecem toda semana. Com isso, as máquinas de ordenha não funcionam, e eles têm dificuldades em manter o produto refrigerado até a venda, pois tiram de 300 a 700 litros de leite por dia.

Em nota, a Enel disse que o fornecimento de energia no assentamento já foi totalmente normalizado e que está aberta ao diálogo. A empresa explicou anda que tem uma reunião marcada com a prefeitura nesta quinta-feira (28) para discutir a situação e, na sequência, vai conversar com os produtores para receber as demandas e propor soluções para melhoria do serviço.

Para o protesto, os produtores levaram tambores em carros e caminhonetes e jogaram o alimento na calçada. A Polícia Militar acompanhou o protesto, que se encerrou em cerca de 30 minutos.

G1