Projeto vai plantar uma árvore para cada vítima de covid-19 no Brasil

Projeto vai plantar uma árvore para cada vítima de covid-19 no Brasil


Uma árvore para cada pessoa que morreu de Covid-19 no Brasil. Esse é o objetivo do programa Bosques da Memória, que está sendo realizado em áreas de mata atlântica nos estados brasileiros com a presença desse bioma. A campanha foi criada por três redes de ONGs para homenagear as vítimas da pandemia e, ao mesmo tempo, estimular a restauração da floresta. A meta é plantar pelo menos 200 mil árvores em seis meses.

Esses “bosques da memória” serão plantados em áreas que precisam recuperar o vigor da vegetação e o habitat para a fauna. As ONGs criaram uma plataforma (bosquesdamemoria.com) para que os plantios sejam registrados num banco de dados, com localização, quantidade de árvores, espécies e fotos para monitorar o crescimento.

“Vamos manter os bosques vivos. Esse é um compromisso com as famílias”, explica Ludmila Pugliese, coordenadora do Pacto pela Restauração da Mata Atlântica, uma das redes na organização da campanha. As outras duas são a Reserva da Biosfera da Mata Atlântica e a Rede de Ongs da Mata Atlântica, que reúne 280 organizações que trabalham com conservação. É essa capilaridade e a experiência de décadas que permitiu estabelecer a meta de plantio num dos ecossistemas mais degradados do Brasil, hoje reduzido a 11,73% da vegetação original.

DCM